Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Janeiro Branco promove reflexão sobre a importância da saúde mental
Início do conteúdo da página

Educação Especializada é tema de parceria entre CEAD/UFPI e Seduc/PI

  • Publicado: Quinta, 12 de Janeiro de 2023, 10h56
  • Última atualização em Quinta, 12 de Janeiro de 2023, 10h56

Parceria CEAD e SEDUC

Serão atendidos cerca de 500 profissionais; previsão do lançamento de edital de especialização em março

Em reunião com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), que  aconteceu na manhã da última terça-feira (10), o Centro de Educação Aberta e a Distância da UFPI (CEAD/UFPI) debateu a oferta de cursos de especialização para profissionais da educação especializada. O edital tem previsão de lançamento no mês de março durante um fórum de inclusão especializada para profissionais de educação.

Segundo a diretora do CEAD/UFPI, Lívia Nery, o trabalho coordenado e em parceria entre as instituições de ensino e a secretaria são imprescindíveis para a oferta do ensino público de qualidade. Nery também pontua a importância da parceria desde a formação inicial dos professores piauienses até o atendimento das demandas trazidas pelos profissionais de cada localidade.

“Essa parceria com a Seduc fortalece a formação inicial e continuada de professores do estado do Piauí sendo o principal objetivo atender às solicitações destes educadores. Sobre os cursos, nossa expectativa é que comecem ainda neste ano de 2023 com o lançamento do edital num fórum sobre inclusão a ser realizado no mês de março. Neste fórum estaremos atentos (as) às demandas das comunidades, das pessoas com deficiência, dos professores e da comunidade em geral a respeito do Atendimento Educacional Especializado (AEE). As expectativas são as melhores”, afirmou a diretora Lívia Nery.

O orçamento do projeto gira em torno dos R$ 4 milhões com a possibilidade de atender cerca de 500 profissionais nos cursos de especialização para a equipe de educação especial. A Superintendente de Ensino Superior da Seduc, Viviane Carvalhedo, celebra a agenda exitosa entre as instituições e a secretaria.

“Atualmente, mantemos 37 polos de educação a distância espalhados no estado pela Universidade Aberta do Piauí (UAPI). A Secretaria viabiliza os recursos para a manutenção dos polos e as universidades entram com as ofertas. Ratificamos esta agenda muito forte que a Universidade Federal conseguiu com a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI), integrada pelo Ministério da Educação”, finalizou a Superintendente Viviane Carvalhedo.

Foto: José Vinicius/Seduc

registrado em:
Fim do conteúdo da página