Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > CEAD/UFPI lança edital para Tutor em Curso de Especialização
Início do conteúdo da página

Energias Renováveis: Alunos do CEAD/UFPI conhecem tecnologia de desidratação de alimentos

  • Publicado: Quinta, 16 de Maio de 2024, 11h15
  • Última atualização em Quinta, 16 de Maio de 2024, 11h15

Visita dos alunos Renováveis

Visita técnica possibilita conhecimento sobre o Desidratador Solar da EcodryTec Tecnologias Renováveis 

Os alunos do curso superior de Tecnologia em Energias Renováveis do Centro de Educação Aberta e a Distância da UFPI (CEAD/UFPI) realizaram uma visita técnica no dia 09 de maio no Centro de Ciências Agrárias (CCA/UFPI). Durante a visita, os estudantes tiveram a oportunidade de ampliar seus conhecimentos acerca da importância da Energia Renovável para desidratação de alimentos na agricultura familiar de Teresina: aplicação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em projeto do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD Brasil), ministrado pelo Coordenador de Produção do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Processamento de Alimentos (NUEPA), Prof. Dr. Alexandre Anjos.

Na oportunidade, o Prof. Alexandre Pires destacou a importância do estudo sobre tecnologias  renováveis para o desenvolvimento do estado. “O Estado possui recursos nessa área, principalmente de energia solar, que são bem extensos e precisam de mão de obra qualificada para atuar nessa região. E esses cursos, tanto os presenciais como o EAD, têm trazido essa capacitação de uma forma muito relevante para o desenvolvimento dessa área aqui no estado”, frisou o Professor Alexandre Pires. 

Os discentes foram acompanhados pela professora da disciplina de Energia Solar Térmica do Curso Superior de Tecnologia em Energias Renováveis do CEAD/UFPI, Suellen Alcântara, que argumentou a relevância da visita técnica. “Trazer os alunos para uma visita técnica ajuda eles a conseguirem observar o que a gente aprende  em sala de aula e também possibilita que eles vejam futuros trabalhos que eles possam ter, projetos que podem participar e muitas outras possibilidades.  Então, saio um pouco da teoria na sala de aula e trago eles para verem na prática. Hoje, eles tiveram a oportunidade de conhecer um sistema pronto e em funcionamento. E, assim, abrir os horizontes para que tenham opções de seguir no curso”, explicou Suellen.

Para Waldir Alves, estudante do 4º período, a visita foi fundamental nos períodos iniciais do curso. “Essa visita é muito interessante, com diversas tecnologias que a gente conhece só na parte didática, aqui nós tivemos a oportunidade de conhecer praticamente o projeto em andamento. E a partir disso, ampliar o nosso conhecimento para fazer perguntas que muitas vezes na didática ela não está bem clara. Mas, aqui, no decorrer da análise do projeto em si, temos a oportunidade de tirar nossas dúvidas com mais facilidade”, destacou Waldir. 

Já para Eduarda Sousa, aluna do mesmo período, pontuou que a  visita é crucial para a formação dos estudantes. “Nessa visita conseguimos entender melhor o que aprendemos na sala de aula. Antes, a gente tinha uma visão de energia solar, somente a energia fotovoltaica. E, através do curso, a gente pode perceber que há grandes oportunidades que temos para implementar a energia renovável”, finalizou a estudante.

Conheça mais sobre o curso de Energias Renováveis.

registrado em:
Fim do conteúdo da página