Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > CEAD/UFPI abre inscrições para Curso de Introdução a programação com Python
Início do conteúdo da página

Energias Renováveis: Seu uso e impacto no Piauí

  • Publicado: Quinta, 27 de Julho de 2023, 11h00
  • Última atualização em Sexta, 18 de Agosto de 2023, 17h36

Projeto de energia solar em São João do Piauí Foto Celeo Redes Brasil

Projeto de energia solar em São João do Piauí (Foto:Celeo Redes Brasil)

Aquecimento, transporte, luz e internet. Coisas importantes que fazem parte do cotidiano da vida das pessoas que já é difícil imaginar viver sem. Porém, para que tudo isso funcione se faz necessário fontes que provenham energia. Existem diversas formas de se conseguir energia, algumas delas sendo bastante positivas, como as fontes de energias renováveis.

 

Agora, o que são as energias renováveis?

São fontes energéticas que se recuperam naturalmente com o tempo e que não se esgotam. Elas se utilizam de recursos que não acabam, tais como os ventos, a radiação solar, o calor geotérmico, as biomassas, a força vinda das ondas e a energia hidráulica.

O coordenador do curso Superior de Tecnologia em Energias Renováveis do Centro de Educação Aberta e a Distância da UFPI (CEAD/UFPI), Prof. Ildemir Santos, discorre um pouco sobre as possibilidades de energia renovável. “Mesmo com alguns prejuízos advindos destas formas de energia, com certeza são bem menores que a queima de combustíveis fósseis e o uso de energia nuclear”. Por exemplo, a energia eólica costuma não ser positiva para os pássaros, e a energia hidroelétrica acaba inundando uma área, desviando leito dos rios e contribuindo para a emissão de dióxido de carbono. “Porém, por sempre estarem disponíveis na natureza, se tem a possibilidade de produzir energia renovável em quase todo lugar do mundo, sem falar que com o avanço da tecnologia, as energias renováveis ficam cada vez mais eficientes e respeitosas com o meio ambiente”, complementa o Prof. Ildemir.

 

O uso dessas energias em terras piauienses

Trazendo para uma realidade mais próxima, o Piauí é destaque na produção de energia renovável. De acordo com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), o estado nordestino ocupa a quarta posição entre os maiores estados produtores de energia eólica do país. Ainda contando com a energia solar que produz, o Piauí consegue o dobro da eletricidade que precisa.

Contando com 60 usinas de energia solar em operação (a maior delas em São Gonçalo do Gurgueia), o Piauí tem o maior parque solar em operação na América Latina, contando com mais de 2 milhões de painéis solares. Não bastasse ter o maior parque solar da América latina, o estado também possui o maior parque de energia eólica em operação do continente sul-americano, com 230 turbinas em atividade, localizadas nos municípios de Lagoa do Barro, Queimada Nova e Dom Inocêncio.

 

Fachada CEAD

Energias Renováveis no CEAD/UFPI

No ano de 2022, o CEAD/UFPI abriu o curso Superior de Tecnologia em Energias Renováveis. De acordo com Ildemir Santos, também vice-diretor do CEAD/UFPI, a graduação disponibiliza à sociedade profissionais capazes de atender às demandas crescentes.

“Com três anos de duração, o nosso curso do setor de controle e indústria busca capacitar e ensinar nossos alunos para que sejam capazes de lidar com a eletricidade, instalações fotovoltaicas, sistemas de energia diversos e mais. Nesse sentido, a formação tem o propósito de contribuir para o desenvolvimento regional e do estado ao preparar profissionais capacitados, que possam atender à crescente demanda na área de produção de energias renováveis, não só no quesito econômico, mas também no fator de preservar o meio ambiente”, finaliza.

O curso é realizado de forma semipresencial, em razão da legislação e a necessidade do ensino prático. Porém, um curso dinâmico que busca se adequar às necessidades dos alunos e seus horários diferenciados, como o horário noturno e os finais de semana.

registrado em:
Fim do conteúdo da página