Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Design de ensino na modalidade EAD
Início do conteúdo da página

Gestores do CEAD recebem orientação sobre Ações Patrimoniais

  • Publicado: Quinta, 06 de Junho de 2019, 12h11
  • Última atualização em Quinta, 06 de Junho de 2019, 16h44

1 Reunião Patrimônio

Gestores do CEAD recebem orientação sobre Ações Patrimoniais

 

Com o intuito de orientar sobre a organização patrimonial, bem como apresentar um plano de ação para preservar o Patrimônio Público, na manhã dessa quinta-feira (6), gestores do Centro de Educação Aberta e a Distância da Universidade Federal do Piauí (CEAD/UFPI) participaram de uma reunião com a Divisão de Patrimônio da Instituição. A conversa visou uma ação em conjunto, para levantamento e organização dos bens do Centro.

“Atualmente, as instituições de ensino estão passando por vários problemas financeiros, precisando, mais do que nunca, de manutenção e zelo pelos bens que já possuem, pois está sendo mais difícil vir recursos para a compra dos bens permanentes. É importante que façamos esse levantamento patrimonial, para que consigamos visualizar o quanto temos de patrimônio interno de toda a Instituição; outra medida necessária é a reutilização de bens em outros setores, com uma gestão compartilhada”, destaca Thatyane Tataia, contadora da UFPI, responsável por ministrar a apresentação.

Bens patrimoniais possuem maior durabilidade e valor, sendo também chamado de bens permanentes, o que exige o controle pela gestão patrimonial. Todo bem permanente deve estar identificado com plaqueta, etiqueta ou inscrição do número de identificação. O cadastro de bens permanentes serve para o controle de sua localização e da carga patrimonial (responsabilidade) do bem.

 

2 Reunião Patrimônio

Gestores do CEAD recebem orientação sobre Ações Patrimoniais

 

“Para nós, que somos docentes e gestores, esse diálogo foi de extrema importância, pois é um projeto de formação, para, enquanto gestores, termos conhecimento e atuarmos corretamente no patrimônio da Universidade. Assim, poderão ser evitadas fragilidades e erros na gestão patrimonial. Tudo isso faz parte da transparência do serviço público”, comenta Lívia Nery, vice-diretora do CEAD.

Caso perceba o desaparecimento de algum bem deve ser enviado um aviso, de forma imediata, à Divisão de Vigilância. Além disso, sempre que um bem permanente perder a utilidade para determinado setor, a Divisão também deve ser informada para providenciar o recolhimento. Mais informações sobre Ações Patrimoniais podem ser obtidas no seguinte link.

registrado em:
Fim do conteúdo da página