Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Nota à comunidade acadêmica
Início do conteúdo da página

Rádio Universitária inaugura painéis em grafite em comemoração aos 100 anos do rádio no Brasil

  • Publicado: Quinta, 02 de Novembro de 2023, 11h40
  • Última atualização em Terça, 21 de Novembro de 2023, 11h40

Rádio 1

A Rádio Universitária inaugurou em 31 de outubro os dois painéis em grafite em comemoração aos 100 anos do rádio no Brasil

O projeto intitulado “Nas ondas da rádio” foi uma parceria entre a Rádio Universitária, o curso de Artes Visuais da Universidade Federal do Piauí (UFPI), o Centro de Educação Aberta e a Distância da UFPI (CEAD/UFPI) e outras instituições envolvidas. As obras trazem referências ao rádio piauiense, o veículo de comunicação com mais de seis décadas e da estética disco. Ambos os painéis se localizam nas paredes laterais do prédio da Rádio Universitária, no Centro de Ciências da Educação (CCE/UFPI).

Rádio 4

A solenidade contou com a presença de colaboradores da Rádio Universitária, do Reitor da UFPI, Prof. Gildásio Guedes e outros servidores da instituição

Segundo o diretor da Rádio Universitária, Prof. Sílvio Henrique, a ideia do projeto veio quando ele, em 2019, visitou a Rádio Universitária da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e ficou encantado com a fachada do prédio, que era inteira grafitada com a temática tocantinense. Após assumir o cargo de diretor da Rádio em 2020, o professor começou a pensar em fazer o mesmo aqui. Quando conseguiu uma verba junto a reitoria lançou o projeto, que foi abraçado pelo departamento de Arte Visuais e pelo CEAD/UFPI.

“Em 2020, eu assumi a Rádio e foi um ano muito difícil. Mas aí eu pensei assim: quando começar a pingar um dinheirinho, eu vou solicitar a verba para a gente fazer essa restauração do lado de fora da rádio. E aí, foi isso que aconteceu. Quando eu consegui a verba, lancei o projeto grafite Nas Ondas da Rádio, que foi prontamente atendido pelo curso de Artes Visuais, com o professor Odailton Aguiar, chefe do departamento. Demos início ao processo, com captação de recursos, e conseguimos apoio do CEAD/UFPI, que também tem uma disciplina ligada a essa área de intervenção urbana. Então, as três instituições juntas colaboraram para que pudesse ficar pronto. O resultado ficou tão bom que valeu a pena esperar tanto”, conta o professor.

A diretora do CEAD/UFPI, Prof.ª Lívia Nery contou que a proposta de intervenção casou perfeitamente com o Centro, que no momento oferta o curso de Especialização em Ensino de Artes nos Anos Finais e tem uma disciplina que se chama Intervenção Urbana.

“Intervenção Urbana é isso. É toda a possibilidade de embelezamento, de transformação de um espaço público. E pensamos nesse espaço da rádio, nos 100 anos da rádio no Brasil, na nossa política conceitual, de fazer uma intervenção bonita envolvendo alunos da Universidade. Pronto! Fechou um sonho perfeito e completo. E aí, tivemos a adesão dos alunos, a adesão da coordenação, da especialização, com o CEAD/UFPI capitaneando a equipe com o projeto e o cadastro do projeto que culminou nessa arte fantástica que representa um pouco da história da rádio, da nossa cultura piauiense. Vemos a regueira, que tem ali na frente com o bonezinho e, observando com tranquilidade, podemos ver coisas que são bem representativas dessa cultura, do que é a rádio, dessa história da rádio. Vemos também um aparelho do tempo antigo, aquele de brinquedo, aquele pedido que chega ao radialista com a voz dizendo ‘toca aquela música’. Então, assim está perfeito!”, frisou a diretora do CEAD/UFPI.

Rádio 3

Diretora do CEAD/UFPI, Profa. Lívia Nery

Os painéis foram produzidos pelos artistas Artur Miranda, Clara Soares, Eduardo Santana, Jamires Martins e Wesley Veras, todos estudantes do curso de Artes Visuais da UFPI. A grafitagem teve início no dia 2 de outubro e será o tema do trabalho de conclusão de curso (TCC) do grafiteiro Artur Miranda, com a orientação do Prof. Odailton Aguiar, que é um dos coordenadores do projeto.

O grafiteiro conta que quando o Prof. Silvio Henrique entrou em contato com o departamento de Artes Visuais à procura de alunos para o projeto, ele estava presente e foi logo indicado. Então, Artur chamou outros artistas com quem ele já tinha intimidade e que trabalhavam com temas similares para trabalharem juntos. E, assim, desenvolveram o trabalho dentro da temática radiofônica, bem como da cultura piauiense.

“Eu fiz a frase ‘Nas ondas da rádio’, que é o nome do projeto. E nessas letras da frase eu escolhi um tipo de letra mais voltado para o disco, para cultura disco. A cultura hippie, nos anos 70 e 80, foi uma época que a rádio era muito influente no dia a dia das pessoas. E aí, os outros artistas também ficaram livres para produzir esses painéis dentro dessas duas temáticas: os 100 anos da rádio e a cultura piauiense”, explica.

rádio 5

Da esquerda para direta os artistas e estudantes Wesley Veras, Clara Soares e Artur Miranda

Após do sucesso do Projeto “Nas ondas da rádio”, o Centro de Educação Aberta e a Distância da UFPI (CEAD/UFPI), também promoverá o projeto de intervenção urbana para outros espaços da Universidade, com o intuito de fazer transformações em diferentes espaços da instituição.

Fotos: Pedro Melo

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página